Distribuidoras Digitais, quais as melhores?

Sem dúvidas, o que faz um artista é a sua obra. Desse modo, um cantor é a sua música, um artista plástico é a sua escultura, e assim por diante.

Entretanto, há outra componente que determina o artista: o público! 
Na ausência de pessoas para apreciar a sua obra, o artista só tem a si e a sua criação. Mas como fazer para que sua música chegue aos ouvidos do público? A resposta é simples: distribuidoras digitais


Por mais significante e interessante que o seu álbum seja, se você não souber como compartilhar e distribuir será impossível ganhar reconhecimento. É nesse momento que as distribuidoras digitais entram.

É válido ressaltar que existem milhares dessas no mercado, então Distribuidoras Digitais, quais as melhores


A partir desse artigo você saberá o conceito de distribuidoras digitais, qual os seus serviços e como escolher a melhor para o seu tipo de trabalho.  

O que de fato são as Distribuidoras Digitais? 

Distribuir é o ato de disseminar algo, de modo que o produto chegue íntegro ao destinatário.

Dessa forma, trata-se da ação de compartilhar. Nesse caso, focaremos neste artigo no compartilhamento de músicas e álbuns. 

Para tanto, no universo musical o papel de compartilhadora é realizado por uma empresa terceirizada, ou seja, uma distribuidora digital. Desse modo, essa empresa poderá realizar três principais tarefas relacionadas a distribuição. 

O primeiro tipo de distribuição é denominado de física. Isso porque trata-se do compartilhamento do trabalho de um artista por meio de CD’s, DVD’s e discos de vinil. Por isso, que as distribuidoras investem na produção desse formato de conteúdo, e os repassam para lojas, tanto virtuais como físicas. 

O segundo modo de compartilhamento é o digital. Esse tipo de distribuição já faz parte do nosso cotidiano há algum tempo, afinal quem não tem uma conta nos streamings Spotify, apple Music, Pandora, Amazon, dentre outros? Aqui o foco é disponibilizar o conteúdo por meio dessas plataformas.

Assim o cliente final irá adquirir o “passe” para escutar os títulos através de pacotes. Por fim, o último tipo de compartilhamento são os serviços adicionais de monetização.

Esse se caracteriza pela utilização do conteúdo em propagandas, chamadas nas plataformas Youtube, Facebook, programas de Tv, dentre outros. Portanto, podemos entender esse último como uma espécie de direitos autorais. 

Mas eu realmente preciso de uma Distribuidora Digital? 

O principal papel das distribuidoras digitais, além de compartilhar o seu conteúdo, é de representar o artista.

Desse modo, o processo de negociação com os streamings e demais veículos de distribuição é mais simplificado.

Desse modo, é fácil entender o porquê de qualquer pessoa não poder disponibilizar suas música no Spotify, por exemplo. 

Portanto, se você realmente quiser conseguir mais destaque com o seu público, vale a pena investir em uma distribuidora digital

Como escolher a melhor distribuidora digital? 

Agora que você já sabe os benefícios de ter uma ligação com uma distribuidora digital e compreendeu o seu poder de influência, está na hora de saber como escolher a melhor para o seu tipo de trabalho. 

Para tanto, te guiaremos nessa etapa por meio de quatro estratégias chave: 


1. Conheça as plataformas que receberão a sua música 

Um dos principais focos das distribuidoras digitais de venda das suas faixas e álbuns são os streaming, tais como o Spotify e Tidal.

Entretanto, antes de sair por aí distribuindo, estude, primeiramente os seus direitos como artista independente, e a plataforma escolhida. Desse modo, tente escolher as plataformas que são mais acessadas pelos usuários, as mais populares, as que possuem preços acessíveis e/ou possibilitem o acesso gratuito.

Dessa forma, você terá mais chances de ter um alcance maior. 


2. Conheça as formas de gerenciamento da sua distribuidora digital. 

Como já mencionamos anteriormente, as distribuidoras digitais possuem o papel de representantes dos artistas, tem o dever de compartilhamento do conteúdo, e são responsáveis pelo gerenciamento financeiro e de acesso do conteúdo dos artistas. 

Desse modo, é dever de toda distribuidora fornecer os dados de acesso do público, em especial dos mais engajados.

Além disso, o artista tem acesso ao raio de distribuição do seu conteúdo, ou seja, quais as regiões que mais acessam suas músicas, a faixa etária do público e as músicas mais escutadas. Mas por que esses dados são relevantes? Bom, com esses dados é possível montar uma estatística.

Dessa forma, é mais fácil entender se uma determinada campanha de marketing está rendendo resultados. Portanto, é possível modificar o estilo de propaganda, investir em promoções e lançamentos exclusivos para o público mais engajado, como já acontece na plataforma Tidal, por exemplo.

3. Conheça os preços e a participação nos Royalties

 Antes de fazer qualquer compra, é necessário analisar os preços, correto?

Aqui não é diferente! Portanto, pesquise os preços das distribuidoras digitais. Para tanto, leia com bastante atenção os planos e termos de cada empresa. 

Para além disso, confira os tipos de serviços oferecidos, os objetivos, a quantidade de recursos e necessidades. Isso se faz necessário porque cada empresa possui suas próprias cobranças e distribuição de royalties baseadas. 

As principais taxas cobradas por essas empresas são as taxas anuais, as taxas fixas por álbum/single, e porcentagem sobre as vendas, que normalmente são de 10 a 25% do total arrecadado. 


4. Conheça quais os trabalhos já realizados pelas distribuidoras

 Por fim, aconselhamos conhecer os trabalhos já realizados pelas distribuidoras digitais que você está .

Isso é extremamente necessário para se ter uma maior segurança no alcance do seu conteúdo. Distribuidora Digital, quais as melhores? Portanto, utilizando as quatro estratégias mencionadas acima, temos um rol das melhores distribuidoras digitais:

 ● LANDR 

● CD Baby 

● TuneCore 

● Ditto Music 

● Loudr 

● Record Union 

● MondoTunes 

● Reverbnation 

● Symphonic 

● iMusician 

● The Orchard 

● Awal 

Considerações finais:

É possível observar que está associado a uma distribuidora digital é essencial para uma boa desenvoltura e reconhecimento do público.

Essa associação traz inúmeros benefícios para o artista, que em primeiro lugar terá um representante, um gerenciador de rendimentos, e distribuidor de conteúdo.

Desse modo, é de extrema necessidade avaliar alguns pontos antes de tomar essa escolha tão importante. Avalie, em cada empresa, o portfólio, as taxas, as ofertas e para quem o conteúdo será enviado. Sendo assim, você fará uma escolha segura e em arrependimentos. 

Compartilhe com os amigos esse conhecimento!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Quem esteve aqui, também viu esses!

Nossa equipe de suporte ao cliente está aqui para responder suas dúvidas. Chame no Whatsapp!
WeCreativez WhatsApp Support
Atendimento a Novos Músicos
João Martins
Available

Faça seu login

Músicos Top Brasil