Como Viver de Música no Brasil?

O histórico de incentivo a cultura e arte no Brasil não é algo a se orgulhar. Isso porque o fomento a arte andou em passos curtos, começando com o incentivo a leitura com a criação de bibliotecas no período colonial, e culminando na criação de uma lei de incentivo à cultura, Lei Rouanet. 

Entretanto, embora haja, atualmente, uma lei que arrecade fundos para promoção da cultura, poucos artistas conseguem se desenvolver no ramo. Isso se deve a falta de informação e as fake news, e a falta de oportunidades. 

Portanto, você deve estar se perguntando como viver de música no Brasil?

Existem algumas maneiras de prosperar na carreira musical, como divulgando a sua música via internet, tocando nas ruas, sendo um músico sub, criando um canal no Youtube, dentre outros. 

Desse modo, pensando em desmistificar a vida do músico e te mostrar soluções para deslanchar no universo musical, trouxemos esse artigo. Aqui você encontrará outras vias de mostrar o seu trabalho.

O que é preciso para viver de música no Brasil? 

É preciso salientar que para viver de música no Brasil é preciso mais do que possui um gosto musical. É necessário estudar a música e seus conceitos. 

Para tanto, você precisa ter uma “alma de empreendedor”. Já é de conhecimento comum que o mundo musical também se tornou um mundo dos negócios, afinal não é toda música que faz sucesso. 

Portanto, para alavancar no ramo musical, é preciso ter conhecimento básico de empreendedorismo. Esses conhecimentos te ajudarão a formular ideias, planos de ação, negociação, a ter persistência, dentre outros. 

Outro fator primordial para saber como viver de música é entender que todo músico tem que ser flexível e eclético. Ou seja, nada de se fixar em um só gênero musical! Aqui o mais interessante é passear por diversos estilos, o que te dará mais experiência. 

Por fim, para ter bastante sucesso é necessário, primeiro, dominar um instrumento, e segundo, possuir um público fiel.

São poucos os músicos que não sabem tocar nenhum instrumento. Isso porque o aprendizado de um instrumento depende do conhecimento da teoria musical. 

Já os fãs de carteirinha te garantem holofote na mídia e compartilhamento, atingindo, assim, mais fãs em potencial. 

Quais as opções para viver de música? 

Como mencionamos anteriormente, as opções para viver de música são inúmeras, o único problema para não termos milhões de músicos é a falta de oportunidade e informação de qualidade. 

Sendo assim, te apresentaremos seis opções de carreiras musicais que qualquer pessoa poderá seguir. 

1. Tocar em uma banda 

 Se você já frequentou algum evento social, como casamentos, formaturas e aniversário, provavelmente você já se deparou com bandas desconhecidas fazendo a trilha sonora da festividade. 

Sejam tocando cover ou músicas autorais, as bandas de evento costumam faturar um bom dinheiro que recompensa viver da música.

Além disso, o reconhecimento gerado nesse eventos garante a banda mais oportunidades de trabalhos e parcerias, bem como mais fãs. 

Entretanto, é válido ressaltar que para ganhar destaque nessa carreira musical, é necessário excelência nas apresentações.

Portanto, além de dominar bem os instrumentos e a teoria musical, cantar bem e ter presença de palco são características essenciais para viver de música

2. Dê aulas de algum instrumento ou de canto 

Provavelmente, no início dos seus estudos de música, você deve ter tido dificuldade em encontrar um professor ou professora que pudesse te guiar nos estudos.

Mas agora que você já tem esse conhecimento, você já pensou em dar aulas e ajudar estudantes iniciantes? 

Para tanto, você pode tentar uma vaga em uma escola de música, ou tentar uma parceria com uma loja de instrumento para que a mesma lance aulas para os seus cliente.

Além dessas opções, você poderá desenvolver um curso online de canto ou instrumento. Nessa opção, você poderá desenvolver suas vídeo aulas, ou marcar aulas presenciais caso o seu aluno more na mesma região que a sua.

Existem alguns sites que fomentam esse tipo de atividade, um deles é o Superprof. 

3. Toque suas músicas na rua 

Em algumas cidades, como São Paulo e Rio de Janeiro, os artistas de rua possuem uma lei que permite a atividades desses nas ruas, e inclusive descrevem os seus direitos e deveres. 

Dessa forma, tocar na rua pode ser uma ótima alternativa para quem não sabe como viver de música.

O lado bom dessa alternativa é que você não encontrará tanta concorrência. 

Para tanto, essa modalidade de trabalho exige um estudo prévio do local de trabalho. Por isso, vale a pena conferir o local escolhido para tocar, observar a frequência de transeuntes e o perfil desses. 

4. Invista em um canal no Youtube 

Em época de pandemia, percebemos a importância do ambiente virtual, que está sendo palco da produção em massa de conteúdo, principalmente musical.

Por isso, vale a pena investir no seu próprio canal no Youtube. 

Por meio dessa alternativa, você poderá ganhar reconhecimento, ser convidado por empresas, fechar parcerias com marcas do mundo musical, dentre outras oportunidades. 

5. Organize eventos musicais. 

Provavelmente você já deve ter ouvido falar nos grandes festivais musicais, tais como Rock in Rio e Lollapalooza.

Você já imaginou organizar um evento desse porte, e ainda conseguir uma vaga para realizar a abertura de um dos shows principais? 

Essa é uma chance caso você tenha a sorte de participar da organização de um evento desses. 

6. Participe de concursos musicais 

Ultimamente muita notícia falsa foi lançada em relação a Lei Rouanet – lei de fomento à cultura e arte.

Mas você sabia que pessoas físicas também podem conseguir o investimento de empresas privadas e/ou do governo para o desenvolvimento de seu projeto musical? 

A lei trata de um repasse de dinheiro de impostos como investimento na cultura e arte do país. Para tanto, receber esse incentivo não é assim tão simples.

Uma das formas é participando de concursos musicais. Desse modo, você poderá tocar o seu projeto musical e viver de música

Considerações Finais 

O incentivo e a valorização da arte e cultura são conceitos que caminham juntos.

Por isso, alguns governos tentam valorizar a cultura por meio de incentivo fiscal.

Entretanto, existem outros meios para viver de música sem precisar depender desses incentivos, já bastante precários e escassos. 

É possível tocar na rua, criar seu próprio canal do Youtube, ou dar aula de instrumento ou canto.

Todas essas formas de como viver de música são tão dignas quanto virar um pop star, e te garantirão, de alguma forma, reconhecimento e fama pelo seu trabalho. 

Compartilhe com os amigos esse conhecimento!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email

Quem esteve aqui, também viu esses!

Nossa equipe de suporte ao cliente está aqui para responder suas dúvidas. Chame no Whatsapp!
WeCreativez WhatsApp Support
Atendimento a Novos Músicos
João Martins
Available

Faça seu login

Músicos Top Brasil